pensamentos-antigos

Eu te vi chorar depois de muito tempo, e você já não se lembrava o que eram as lágrimas. Eu vi a muralha desabar em dor, eu te vi tão fria se derretendo em ódio. Finalmente cansou de mentir dizendo que era forte, cansou de se esconder atrás de certezas que nunca teve. Olha só pra você, passou muito tempo regando as mágoas, passou muito tempo se remontando á cada dia com uma peça a menos, e agora a estrutura cedeu, você está com as mãos no rosto se perguntando “Por que eu? Por que isso? Por que não posso apenas desaparecer?”. Você sempre disse que sabia lidar muito bem com seus medos, e por ironia, foram ele que te engoliram.

Sean Wilhelm.    (via pensamentos-antigos)